PRÓXIMAS INICIATIVAS

05 de Março, 5ª feira, pelas 19:30h
Conferência sobre “O Futuro da Austeridade na Europa”

Noite de fadosO Grémio Literário, em colaboração com o Consócio Dr. Manuel Camarate Frias, vai organizar uma conferência subordinada ao tema “ O Futuro da Austeridade na Europa”, sendo orador o Dr. Carlos Manuel Botelheiro Moreno.

Licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra, o Dr. Carlos Moreno é possuidor de um vasto currículo profissional e académico na área das finanças públicas, o que lhe dá uma visão impar dos graves problemas com que as instâncias europeias se deparam, no sentido de compatibilizar o crescimento económico com o equilibro das contas públicas.

Depois de ter passado por diversas funções no Ministério das Finanças, onde foi Director Geral do Tribunal de Contas e Inspector-Geral das Finanças, o Dr. Carlos Moreno desenvolveu, entre outras, as seguintes actividades:

  • Presidente de júri em vários concursos de privatização de empresas de capitais públicos;
  • Juiz do Tribunal de Contas Europeu, onde foi o primeiro português a assumir esse cargo;
  • Juiz Conselheiro do Tribunal de Contas;
  • Docente Universitário no ISEG, na UAL e no ISEM;
  • Relator de inúmeros Relatórios de auditoria sobre o SPE e as PPP.

 

O Dr. Carlos Moreno, que foi agraciado com a Grande Croix de L’Ordre de Mérite do Luxemburgo, é autor de várias dezenas de publicações abordando temas relacionados com as finanças públicas e, mais recentemente, conferencista assíduo em diversas audiências.

A conferência é seguida de jantar, pelas 21h, ao preço de 30€, por pessoa.

10 de Março, 3ª feira, pelas 18:30h
Lançamento de livro

Noite de fadosO Grémio Literário, em colaboração com o Consócio D. Tiago Henriques (Louriçal), promove o lançamento da obra intitulada “Sintra Lendária - Histórias e Lendas do Monte da Lua”, da autoria de Miguel Boim, editada pela Zéfiro, na ocasião representada pelo Dr. Alexandre Gabriel.

Para além do editor, participará nesta sessão o Dr. Basílio Horta, Presidente da Camara Municipal de Sintra, que fará a apresentação da obra.

Durante a sessão será projectado um conjunto de slides relativos às imagens insertas na referida obra que o autor comentará, provenientes do Arquivo da Casa de Louriçal, sendo na sua maioria inéditas e reveladas a expensas da Fundação CulturSintra, sendo esta a sua primeira apresentação pública.

Segundo o editor «Esta é a mais completa obra sobre as Lendas de Sintra, onde se contam mais de sessenta histórias e de trezentas fotografias e gravuras (algumas de importantes monumentos cujas velhas estruturas eram até aqui desconhecidas), várias delas inéditas.»

A sessão será seguida de jantar, ao preço de 30,00€ por pessoa.

18 de Março, 4ª feira, pelas 19:00h
Ciclo Literário - Conferência sobre a Revista Orpheu

O Grémio Literário participa nas comemorações nacionais do centenário da publicação da Revista Orpheu (1915), integrando a Comissão de Honra que organiza colóquios e outras manifestações em Portugal e no Brasil.

Pelo seu lado, o Grémio Literário reúne nas suas instalações (onde Almada Negreiros, seu sócio honorário, se estreou em 1912) três especialistas do Modernismo Português – os Professores Eduardo Lourenço, Eugénio Lisboa e José-Augusto França, seus colaboradores habituais, para uma conversa sobre o significado de Orpheu na Cultura Portuguesa.

A sessão será seguida de jantar ao preço de 30,00€ por pessoa.

19 de Março, 5ª feira, pelas 20:00h
Jantar/debate – Ciclo “Portugal pós - Troika: que Moeda, que Economia, que Futuro?”

Prossegue no próximo dia 19 de Março, com Vítor Bento, o novo ciclo de jantares-debate promovido pelo Clube Português de Imprensa, o Centro Nacional de Cultura e o Grémio Literário, subordinado ao tema “Portugal pós-troika: que Moeda, que Economia, que Futuro?“.

Vitor Bento costuma dizer que subiu na vida a pulso e que até aos 30 anos - e até ter um percurso consolidado -, entrou em tudo por concurso.

Nasceu em Estremoz, de uma família modesta. Viveu em Évora, Tomar e em Moçambique durante quatro anos, experiência que lhe “deixou marcas”. Aos 17 anos, estava em Lisboa, por sua conta, onde começou a trabalhar como empregado bancário. Trazia o antigo Curso Comercial e resolveu estudar à noite, fazendo o sexto e o sétimo ano do liceu.
Terminado o liceu, o desafio seguinte foi o curso de Economia, licenciando-se no Instituto Superior de Ciências Económicas e Financeiras, da Universidade Técnica de Lisboa. Mais tarde, faria o Mestrado em Filosofia pela Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa.

O seu currículo impressiona: em 1980 foi admitido no Banco de Portugal como economista, no Departamento de Estudos Económicos. Em 1985 assumiu o lugar de Director do Departamento de Estrangeiros e, mais tarde, de administrador executivo do Instituto Emissor de Macau (actual Autoridade Monetária), regressando ao Banco Central, em 1989, como diretor adjunto do Departamento de Estrangeiros, tornando-se Director em 1993.

Entre 1989 e 1994 foi membro do Subcomité de Política Cambial do Comité de Governadores dos Bancos Centrais da Comunidade Europeia. Em 1994, entrou para o Ministério das Finanças, onde assumiu os cargos de Director-geral do Tesouro, Presidente da Junta do Crédito Público e membro do Comité Monetário Europeu.

Em 1996, fundou o IGCP (Instituto de Gestão do Crédito Público), tornando-se o seu primeiro Presidente. Em 2000, assumiu o cargo de Presidente do Conselho de Administração da SIBS – Sociedade Interbancária de Serviços SA, onde se manteve até Julho de 2014, quando foi convidado para a presidência do Banco Espírito Santo.
Transitou, depois, para o cargo de Presidente do Conselho de Administração do Novo Banco, entidade que sucedeu ao BES. Em 13 de setembro de 2014, anunciou a intenção de renunciar aos cargos.

Foi ainda presidente da Associação para o Desenvolvimento Económico e Social (SEDES), entre Maio de 2006 e Abril de 2008, e membro do Conselho de Administração da GALP Energia, de Abril de 2012 a Julho de 2014.
Foi nomeado, em Dezembro de 2009, membro do Conselho de Estado pelo Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva. Renunciou ao mandato em Julho de 2014 mas voltou a ser nomeado por Cavaco Silva para o Conselho de Estado em Janeiro último.

Vítor Bento é professor convidado da Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa.

Polémico, Vítor Bento interrogava-se, num recente ensaio, sobre a forma de conciliar a necessidade de ajustamento das finanças públicas de cada País com a necessidade de promover a procura interna no conjunto da zona euro, defendendo um maior orçamento federal, com capacidade de endividamento da própria União e a reconciliação de alguns excessos de endividamento público individuais com um endividamento globalmente sustentável de toda a zona euro. Preconizava, ainda, no mesmo trabalho a federalização dos subsídios de desemprego.
Vitor Bento tem obra publicada, com relevo para “Os Estados Nacionais e a Economia Global”, “ Perceber a Crise para Encontrar o Caminho” , “ O Nó Cego da Economia “, “ Economia, Moral e Política “ e, mais recentemente, “ Euro forte, Euro fraco - Duas culturas, uma moeda. Um convívio (im)possível? “.

É esta personalidade, frontal e de espírito independente, que estará na Sala da Biblioteca do Grémio para uma reflexão connosco em voz alta. A não perder.

O preço do jantar é de 30€ por pessoa.

20 de Março, 6ª feira, das 16:00h ás 19:00h
Sessão Comemorativa do 2.º Centenário do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves (1815-2015)

O Grémio Literário, em parceria com o Instituto Dom João VI, vai organizar uma Sessão Comemorativa do 2.º Centenário do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves (1815-2015).
A sessão contará com as intervenções dos Presidentes das mencionadas Instituições organizadoras, e comunicações de ilustres Académicos de Portugal e do Brasil, nomeadamente o Professor Doutor Jorge de Miranda, Professor Doutor José Pedro Paiva, Professor Doutor Rui de Figueiredo Marcos, Eng.º Frederico Falcão, Professora Doutora Beatriz Maria Eckert-Hoff, Dr. Ronald Bicca, e o Dr. Ibsen Noronha.

9 de Abril, 5ª feira, pelas 18:30h
Ciclo de conferências sobre as relações luso-italianas 

Integrado no 5º ciclo de conferências sobre as relações luso-italianas, o Grémio Literário em colaboração com o Consócio D. Tiago Henriques (Louriçal) promove, na Biblioteca, uma sessão com a participação de Miguel Ribeiro Pedras, da FCSH-UNL, subordinada ao tema “Itália e o Arquivo da Casa de Louriçal: personagens e colecções num Arquivo de Família”. 
   
O 5º ciclo de conferências de relações luso-italianas Scrigni della memoria: Arquivos e Fundos Documentais para o Estudos das Relações Luso Italianas, organizado pela Prof. Doutora Nunziatella Alessandrini (CHAM) e a Dra. Susana Bastos Mateus (Cátedra A. Benveniste Universidade de Lisboa e CIDEHUS/UÉ), pretende regressar à matéria-prima para o estudo das relações luso-italianas: os arquivos e os fundos documentais. Foram privilegiadas as abordagens a arquivos privados pouco conhecidos e quase inexplorados para a temática em estudo, paralelamente aos riquíssimos fundos presentes nos arquivos nacionais italianos e portugueses.

Ao longo das diversas conferências propostas serão apresentados fundos e arquivos que podem suscitar novas e inéditas abordagens sobre as relações luso-italianas, numa diacronia que se estende desde o século XV até aos inícios do século XIX.

A conferência será seguida de jantar ao preço de 30€, por pessoa.

VIAGENS

As viagens promovidas em anos anteriores pelo Grémio Literário e organizadas em colaboração com o consócio Dr. Rui Nobre, têm-se revestido de inequívoco interesse cultural.

Seguindo a mesma linha de orientação, o Grémio Literário vem anunciar mais duas viagens culturais:

Os BórgiaDe 20 a 25 de Abril, sob o tema “Os BÓRGIA”, realizar-se-á uma viagem que incluí um conjunto de visitas a locais históricos, em Ferrara, Forli, Rimini, San Marino, Spoleto, Viterbo e Roma.

O grupo será acompanhado, desde Lisboa, pelo grande especialista na matéria, o Professor Dr. João Paulo Oliveira e Costa.

A Escócia de William Wallace e os StuartsDe 21 a 27 de Junho, realizar-se-á a viagem “A Escócia de William Wallace e os Stuarts”, também com o acompanhamento do Professor Dr. João Paulo Oliveira e Costa.

Nesta viagem visitar-se –ão, entre outros locais, Hexham, Edimburgo, Stirling, Glasgow e Inverness.

As inscrições estão abertas junto dos serviços da Agência de Viagens Cosmos - Viagens e Turismo, SA.

Para mais informações:
Rui Nobre
Travel Consultant
M: +351 912 177 352/ 918 954 031
Rui.nobre@cosmos-viagens.pt