PRÓXIMAS INICIATIVAS

9 de Novembro, 4ª feira, pelas 19:00h
Conferência sobre Lisboa Islâmica
O Grémio Literário organiza, na Biblioteca, uma conferência sobre o tema “A cidade islâmica de Lisboa: sua presença no quotidiano urbano”, sendo orador o Dr. Clementino Amaro, coordenador do projecto Olisipo Forum.

A designada “Cerca Moura”, Alfama e o bairro da Mouraria funcionam como três referenciais da presença islâmica no quotidiano da cidade de Lisboa. A  arqueologia  tem  revelado, nas últimas décadas, estruturas,
 áreas habitacionais, locais de recolha de mantimentos, e ainda loiças de carácter doméstico, contentores de líquidos e sistemas de iluminação. Mas, para além da presença de bairros, junto ao esteiro da baixa, associados à intensa actividade portuária e comercial, são já conhecidos equipamentos industriais, com destaque para os centros oleiros, aos quais estão associadas peças de excepcional qualidade funcional e estética.

O Dr. Clementino Amaro, licenciado em História pela Faculdade de Letras de Lisboa, com uma longa experiência em trabalhos de arqueologia, tem coordenado e participado em projectos de escavação, de valorização e de musealização de sítios arqueológicos, nomeadamente em Lisboa, como o Núcleo Arqueológico da Rua dos Correeiros (Fundação Millennium BCP) e da Casa dos Bicos.

Participa actualmente na co-direcção e divulgação dos projectos de investigação da villa romana do Monte da Chaminé, Ferreira do Alentejo e da olaria romana da Garrocheira, Benavente.

É autor e co-autor de artigos e publicações versando a produção anfórica e o mundo rural romano, cerâmicas islâmicas e contextos de fortificações e espaços religiosos, do período moderno.

A sessão será seguida de jantar na Varanda ao preço de 30€ por pessoa.

 

9 de Novembro, 4ª feira, pelas 19:00h
Exposição de Fotografia
Inauguração da exposição de fotografia de Francisco Huguenin Uhlfelder, fotógrafo desde os 11 anos,  sob o título “Dupla-Exposição”, organizada pelo Grémio Literário por iniciativa da Consócia Dra. Madalena de Brito Caiado.
 
“Dupla-Exposição” apresenta novas fotografias de Francisco Huguenin Uhlfelder, com dupla-exposição, onde o negativo fotográfico não avança na câmera e duas imagens são sobrepostas no mesmo fotograma. Ao assumir duas imagens num mesmo fotograma, o fotógrafo cria, sem interferência digital, uma outra imagem.

A exposição estará patente, até ao dia 7 de Dezembro, podendo ser visitada no horário de expediente do Grémio Literário.

 

22 de Novembro, 3ª feira, pelas 18:30h
Circulo Richard Wagner
O Grémio Literário organiza, em colaboração com o Consócio Dr. Vítor Martins, uma palestra subordinada ao tema "Setenta Anos de Wagner em São Carlos", proferida pelo Consócio Honorário Prof. Doutor Jorge Calado, com exibição de fotografias tiradas em Bayreuth, de grandes cantores wagnerianos que actuaram no Teatro Nacional de São Carlos.

O conferencista é licenciado em engenharia química pelo IST, doutorado em química pela Universidade de Oxford, Professor Emérito de química-física da Universidade de Lisboa, crítico cultural do Expresso e curador de cerca de 25 exposições de fotografia em Portugal e no estrangeiro.

No final será servido um Porto de Honra.

 

23 de Novembro, 4ª feira, pelas 20:00h
Jantar/debate  
Ciclo “Que Portugal na Europa, que futuro para a União?”
O terceiro jantar-debate do novo ciclo “Que Portugal na Europa, que futuro para a União?” contará com a participação de António Vitorino como orador – convidado. Será a 23 de Novembro, na Biblioteca do Grémio Literário, promovido pelo Clube Português de Imprensa, em parceria com o Centro Nacional de Cultura e o próprio Grémio Literário.

Advogado com um currículo invejável, António Vitorino preserva uma intensa actividade política, apesar de considerar-se fora dela. Próximo do líder do PS, António Costa, de quem é amigo e conselheiro, intervém com regularidade no espaço público, quer em artigos de opinião dispersos pela Imprensa, quer enquanto comentador na televisão.
Conhece igualmente bem António Guterres, a quem outorga a qualidade “de meu controleiro e vigilante perante os meus desvios esquerdistas”, conforme revelou numa entrevista de vida, reconhecendo ainda que sempre gostou de viver rapidamente - “Esse é um síndrome da minha vida (…) fiz sempre coisas muito cedo. Para poder viver, provavelmente, duas vidas numa só”.

Leitor compulsivo, sente ter vocação negocial e aprendeu a ter paciência com os chineses na sua passagem por Macau.

Licenciado em Direito (1981) e mestre em ciências jurídico-políticas, António Vitorino foi assistente da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa e dos departamentos de Direito da Universidade Autónoma de Lisboa e da Universidade Internacional em Lisboa.

Admitido em 1983 na Ordem dos Advogados, desempenhou cumulativamente cargos em empresas diferentes e com relevante posição no tecido económico português.
Também exerceu as funções de professor convidado da Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa e da Católica Global School of Law, da Universidade Católica Portuguesa. Foi presidente da Fundação Arpad Szenes-Vieira da Silva (2007-2009).

De acordo com a sua biografia oficial, Vitorino aderiu à Juventude Socialista, quando estudava no Liceu Camões. Não obstante a sua filiação, viria a aproximar-se de outros grupos, como a Frente Socialista Popular, o Movimento Socialista Unificado, em 1976, e ainda a União da Esquerda para a Democracia Socialista (UEDS), em 1978.

Em 1980 foi eleito, pela primeira vez, deputado à Assembleia da República, nas listas da UEDS, através da coligação Frente Republicana e Socialista. Foi, depois, sucessivamente eleito em cinco legislaturas, pelo PS até 2006. Foi deputado ao Parlamento Europeu, onde presidiu à Comissão das Liberdades Cívicas e dos Assuntos Internos.

Foi várias vezes chamado a funções governativas, tendo sido Secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares no IX Governo Constitucional (1983-1985), Secretário-Adjunto do Governador de Macau (1986-1987), Ministro da Presidência e Ministro da Defesa Nacional no XIII Governo Constitucional (1995-1997).

Foi Comissário Europeu, responsável pela Justiça e Assuntos Internos (1999-2004), e juiz do Tribunal Constitucional (1989-1994).

A 9 de Junho de 2014 foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem Militar de Cristo.

É esta personalidade, com um excepcional currículo, que muitos socialistas gostariam de ter visto ser primeiro ministro ou Presidente da República, que vamos ouvir na Biblioteca do Grémio Literário, sobre as perspectivas que se deparam para a União Europeia e para Portugal como parte dessa comunidade.

O preço do jantar é de 30€ por pessoa.

 

25 de Novembro, 6ª feira, pelas 19:00h
Celebração do 171º aniversário de nascimento de Eça de Queiroz
O Grémio Literário e o Círculo Eça de Queiroz, instituições de referência na divulgação e preservação da obra e da memória de Eça de Queiroz, estabeleceram um Acordo que contempla a organização em anos alternados, por cada uma das instituições, nas respectivas sedes, da celebração do aniversário de nascimento daquele escritor.
 
Nos termos desse Acordo esta importante efeméride, que este ano se celebra na Sede do Grémio Literário, será realizada no próximo ano na Sede do Círculo Eça de Queiroz.
 
A Fundação Eça de Queiroz, Sócia Honorária do Grémio Literário, que desempenha um papel fundamental na projecção da vida e obra do grande escritor, associa-se, também, a estas comemorações.

Programa

- Boas vindas do Presidente do Conselho Director do Grémio Literário, Dr. António Pinto Marques;

- Apresentação geral pelo Eng. Luís dos Santos Ferro, membro do Conselho Literário do Grémio Literário;

- Divulgação de inéditos de Eça de Queiroz pela Dra. Irene Fialho, Sócia do Grémio Literário e Directora da Fundação      ..Eça de Queiroz;

- Evocação pelo Dr. Guilherme d’Oliveira Martins, Sócio Honorário do Grémio Literário.

 

Segue-se um jantar convívio, com uma ementa de inspiração queirosiana, conforme é tradição no Grémio Literário, ao preço de 40€ por pessoa. 

As reservas devem ser feitas até segunda-feira, dia 21.

Solicita-se o uso de fato escuro para os homens.

 

3 de Dezembro, Sábado, pelas 15:30h
Homenagem ao Senhor Dom Duarte Nuno  | Lembrar Dom Duarte Nuno (1907-1976)
A Real Associação de Lisboa, sob o alto patrocínio de S.A.R. o Senhor Dom Duarte, Duque de Bragança, levará a cabo no próximo dia 3 de Dezembro pelas 15:30h, no Grémio Literário, uma sessão evocativa do Senhor Dom Duarte Nuno, agora que passam quatro décadas sobre a sua morte.  

Para lembrar o pensamento e a acção do homenageado, serão oradores os Profs. Drs. Fernando Amaro Monteiro e Pedro Soares Martínez.

À homenagem seguir-se-á um Chá, opcional, presidido por SS. AA. RR. os Senhores Duques de Bragança, ao preço de 10€ por pessoa.