PRÓXIMAS INICIATIVAS

5 de Dezembro, 6ª feira, pelas 18:30h
150º Aniversário do compositor Richard Strauss (1864-1949)

No âmbito da Comemoração do 150º Aniversário do compositor Richard Strauss, o Grémio Literário organiza num serão musical com a intervenção de João Paes (musicólogo), Ana Ester Neves (Soprano), Carlos Guilherme (Tenor), Armando Vidal (Pianista) e Diogo Pais (Clarinetista).

Na Senda de Fernão MendesSerá legítimo chamar-se, a Richard Strauss, o último expoente da tradição Classico-Romântica iniciada pelos expoentes máximos da composição musical setecentista Franz Joseph Haydn e Wolfgang Amadeus Mozart? O musicólogo francês Antoine Goléa, autor do livro da Flammarion “Richard Strauss”, é dessa opinião:

O preço do jantar é de 30€ por pessoa.
Richard Strauss é, para ele, o último grande compositor a ser fiel à tradição tonal baseada nas escalas heptatónicas “maior-menor”, nas formas instrumentais sinfónicas, de câmara, ou de recital e à progressão harmónica regida pelas leis da ressonância ou da proximidade e pela hegemonia melódica, seja nas linhas instrumentais do contraponto orquestral, seja na prática do canto solista, dos conjuntos vocais, ou dos coros.

Richard Strauss foi, não só o compositor alemão mais festejado do seu tempo, no centro da Europa, mas também um dos mais respeitados chefes de orquestra da escola germânica iniciada pelo tratado revolucionário escrito em meados do Século XX por Richard Wagner, que combatia a função conservadora dos maestros - autómatos batedores do compasso e dadores das “entradas do naipe”.

As suas 2 visitas a Portugal, à frente da celebérrima Orquestra Filarmónica de Berlim, causaram escândalo no público e nos profissionais rotineiros, pela economia da gesticulação e a serenidade do comportamento. Talvez por isso, os seus “poemas sinfónicos” (e a respectiva orquestração) foram condenados pela opinião pública e crítica musical lisboeta do 1º quarto do século XX, até quando Pedro de Freitas Branco, o maestro português de maior renome internacional de todos os tempos (homenageado há poucos meses, neste salão do Grémio Literário) o defendeu com a sua “varinha de condão” (Ravel chamava-o “mágico”).

Na presente comemoração, ouvir-se-á justamente um dos geniais “poemas sinfónicos” de Richard Strauss, flanqueado por 2 séries de 4 “lieder” (melodias para canto e piano), o género musical mais visitado por este compositor – escreveu, ao todo, 150 “lieder”. O seu último opus tem o título: “4 últimos lieder”.

A sessão será seguida de jantar ao preço de 30,00€ por pessoa.

17 de Dezembro, 4ª feira, pelas 18:00h
Lançamento de livro

O Grémio Literário promove o lançamento do livro “A Economia como Acção Estratégica” da autoria do Consócio Doutor António Rebelo de Sousa, Edições Diário de Bordo.

A apresentação ficará a cargo dos Senhores Vice-Almirante António Silva Ribeiro, Professor Mário Caldeira Dias e Dr. António Saraiva

Na Senda de Fernão Mendes

 

31 de Dezembro, 4ª feira, pelas 21:00h
Noite de São Silvestre

Na Senda de Fernão MendesNa sequência do êxito de anos anteriores, o Grémio Literário volta a organizar a Passagem de Ano de 2014/2015.

A partir das 21 horas, terá início o serviço de aperitivos, seguindo-se um requintado jantar.
Mais tarde, pela noite dentro, haverá um buffet e na despedida o reconfortante chocolate.

A animação durante toda a noite, fica a cargo de um Disk-Jockey de reconhecida qualidade, que ajudará a promover um ambiente de agradável convívio.

O preço por pessoa é de 100€ sendo desejável para os homens o uso de “smoking”.

As reservas para o jantar devem ser feitas até dia 17 de Dezembro, acompanhadas do pagamento de 30% do respectivo montante. O restante deverá ser pago à entrada para o Reveillon.

O pagamento da reserva poderá ser efectuado por transferência bancária, utilizando os seguintes dados bancários:

Banco/Agência: Millennium BCP/Cais do Sodré
NIB: 0033 0000 0000 4504487 05
IBAN: PT50 0033 0000 0000 4504 4870 5
BIC/SWIFT: BCOMPTPL

 

Na Senda de Fernão Mendes