PRÓXIMAS INICIATIVAS

Ementa Magusto

11 de Novembro, 3ª feira, pelas 20:30h
Jantar de São Martinho

O Grémio Literário vai assinalar a noite de S. Martinho, com a realização de uma noite de fados, durante a qual será servido um jantar de caça, confeccionado pelo Chefe Nuno Diniz.

O preço do jantar é de 50,00€ por pessoa.

 

19 de Novembro, 4ª feira, das 18:30h às 21:30h
Lançamento de Livro

O Grémio Literário promove o lançamento do livro “Na Senda de Fernão Mendes – Percursos Portugueses no Mundo – Um Livro de Viagens” da autoria do Consócio Doutor Guilherme d’Oliveira Martins e editado pela Gradiva.

Na Senda de Fernão MendesPor iniciativa do autor e da editora, os sócios estão convidados a assistir a esta sessão de lançamento de mais um interessante livro da autoria do nosso consócio.

O Livro será apresentado pela jornalista Maria João Avillez.

 

20 de Novembro, 5ª feira, das 18:30h às 21:30h
Monthly Get Togehter – Lisboa

Conforme foi anunciado no Boletim anterior, o Grémio Literário, em colaboração com os consócios Dr. António Mello Campello e Eng. Bruno Marques Teixeira, promove um encontro mensal, Monthly Get Togehter - Lisboa.
Um dia especial para fugir à rotina do dia-a-dia.
O Grémio Literário associa-se a esta iniciativa e convida os consócios interessados a marcarem presença nestes convívios onde o Grémio é o espaço adequado para estes encontros.

25 de Novembro, 3ª feira, pelas 19:00h
Sessão Comemorativa do nascimento de Eça de Queiroz, em 25 de Novembro de 1845

Jantar SantosEspaços interiores das instalações do Grémio Literário foram recentemente cenário de cenas do filme “Os Maias – Cenas da Vida Romântica”. Correspondendo ao convite formulado, a simpática e pronta disponibilidade do realizador João Botelho conduz a que a regular celebração do aniversário do nascimento do escritor possa agora acontecer com a sua contribuição, convocando-se ainda a generosa participação de actores e colaboradores daquela importante e já muito celebrada produção cinematográfica, a primeira que se faz sobre o magno romance de Eça de Queirós, publicado em 1888.

Os detalhes desta iniciativa serão fornecidos no próximo Boletim.
EmentaA exibição de passagens do filme, que J.Botelho e a sua equipa comentarão, inclui a cena (Cap. VI) do jantar no Hotel Central, outrora ao Cais do Sodré, agora filmada no Grémio Literário. Razão acertada para que o jantar que complementa a sessão tenha ementa inspirada naquela que o romance nos descreve.
Para além do realizador J. Botelho, estarão presentes os seguintes elementos da sua equipa:
- Mª João Pinho – Condessa de Gouvarinho
- Jorge Vaz de Carvalho - Narrador
- João Queirós - Pintor
- Luísa Gago – Desenhos técnicos dos cenários
- Alexandre Oliveira - Produtor

As reservas para o jantar ao preço de 40€, devem ser feitas até quinta-feira, dia 20.
Solicita-se o uso de fato escuro para os homens.

27 de Novembro, 5ª feira, pelas 20:00h
Jantar/debate – Ciclo “Portugal pós - Troika: que Moeda, que Economia, que Futuro?”

Prossegue em 27 de Novembro, tendo Augusto Mateus como orador convidado, o novo ciclo de jantares-debate promovido pelo Clube Português de Imprensa, o Centro Nacional de Cultura e o Grémio Literário, subordinado ao tema “Portugal pós-troika: que Moeda, que Economia, que Futuro?“.
Augusto MateusAntigo ministro da Economia, Augusto Mateus obteve a sua licenciatura pelo Instituto Superior de Ciências Económicas e Financeiras (ISCEF), da Universidade Técnica de Lisboa, desenvolvendo uma intensa actividade como académico, investigador e consultor de numerosas instituições e agências, nacionais e estrangeiras.
Professor Catedrático convidado do ISEG, tem colaborado com outras Universidades e instituições de ensino superior como, nomeadamente, o Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa (ISCTE-
IUL), a Universidade da Beira Interior, o Instituto Nacional de Administração e as Faculdades de Economia das Universidades do Porto e de Coimbra.
Investigador e consultor na área da macroeconomia, da política económica, da competitividade industrial, da estratégia empresarial, da avaliação de programas e políticas de desenvolvimento, Augusto Mateus é autor e coordenador de vários e importantes estudos já publicados.
Um dos mais recentes -  “25 anos de Portugal Europeu” – é um retrato aprofundado sobre as realidades do País, o positivo e o negativo do caminho percorrido, enquanto membro da União Europeia.
Na apresentação desse estudo, que coordenou, em Maio do ano passado, Augusto Mateus declarou com desassombro: “Este estudo visa fazer um balanço daquilo que poderia ter sido outra coisa, mas que foi um semi-falhanço. Fizemos coisas muito bem feitas, vivemos melhor, mas cansámo-nos a meio do caminho. Perdemos força”.
Já este ano e na apresentação do Plano Estratégico de Desenvolvimento da Região de Coimbra 2014-2020, Augusto Mateus voltou a ser frontal ao criticar que o País "não se pode queixar do envelhecimento da população. Um país que se queixa do envelhecimento é um país sem futuro", enfatizando que "não faz sentido" Portugal lamentar-se por a sua população ter "ganho 15 anos de vida".
É este estudioso, temperado no rigor das coisas, que aceitou o convite para intervir no novo ciclo de jantares-debate, promovido pelo Clube Português de Imprensa, em parceria com o Centro Nacional de Cultura e o Grémio Literário, "Portugal pós-Troika: que Moeda, que Economia, que Futuro". Uma reflexão em directo a não perder.

O preço do jantar é de 30€ por pessoa.